CBN Maceió FM 104.5
Série B

Com gol de Felipe Ferreira, CRB vence o Londrina, no Paraná: 1 a 0

Agora o time regatiano é o sexto colocado na tabela da Série B; esta foi a sexta vitória do Galo fora de casa na competição

Esportes

EsportesTudo sobre o esporte em um só lugar!

01/09/2019 10h50
Por: Por Redação
Fonte: G1
63
 CRB faturou a sua sexta vitória fora de casa na Série B: desta vez bateu o Londrina, por 1 a 0
CRB faturou a sua sexta vitória fora de casa na Série B: desta vez bateu o Londrina, por 1 a 0

conteceu de novo! O que não consegue em casa, no Estádio Rei Pelé, o CRB conseguiu, mais uma vez, fora de casa: a vitória. E ela veio neste sábado (31), sobre o Londrina, por 1 a 0, lá longe, no Estádio do Café, em Londrina-PR, em duelo válido pela 20ª rodada da Série B do Brasileiro.

O gol do CRB foi assinalado por Felipe Ferreira, aos 30 minutos da etapa final. Foi o terceiro gol dele pelo Galo. Ele marcou também contra o Brasil de Pelotas e o Botafogo-SP.

 

Veja como foi o jogo em Tempo Real!

Com esta vitória, o CRB subiu para a 6ª posição na tabela de classificação, com 30 pontos, estando a dois pontinhos do G4. Esta foi a sexta vitória do Galo fora de casa na competição. Já o Londrina é o 11º colocado, com 25 pontos.

Na 21ª rodada, o CRB vai enfrentar mais uma equipe paranaense, desta vez o Paraná, na próxima quinta-feira (5), às 19h15, no Estádio Rei Pelé. E o Londrina volta a campo dois dias antes, na terça-feira (3), no Bento Freitas, também às 19h15, contra o Brasil de Pelotas-RS.

Primeira etapa

 

Léo Ceará teve boa participação no time regatiano, mas não conseguiu deixar o seu gol registrado neste sábado

FOTO: ISAAC FONTANA/ESTADÃO CONTEÚD

Os donos da casa começaram a partida tocando a bola, enquanto o CRB adotava uma postura defensiva, se precavendo. Aos 3 minutos, Safira foi lançado, mas a bola foi com muita força e se perdeu pela linha de fundo, em tiro de meta para o Galo.

 

O CRB entrou em campo preparado para marcar mais o adversário, a fim de tentar garantir um golzinho, numa saída de bola. Se postava com todo mundo no campo de defesa, enquanto o Londrina pressionava. Aos 4 minutos, Paulinho Moccelin tentou passar por dois marcadores do CRB, mas não conseguiu e Claudinei ficou com a bola.

Aos 8 minutos, o Galo tentou arriscar, mas Léo Ceará cometeu um lance esquisito. Ele tentou o arremate da entrada da área do Londrina e furou, errando feio o chute. O Tubarão seguia na tentativa de furar o bloqueio regatiano. E quando conseguiu, aos 11 minutos, Raí Ramos levantou na área do CRB, o goleiro Vinícius se atrapalhou todo na saída do gol e a bola sobrou para Paulinho Moccelin, que cabeceou e ela passou pertinho do gol regatiano, assustando.

O Galo respondeu aos 13 minutos, quando Léo Ceará avançou em um bom contra-ataque, abriu espaço e chutou forte da entrada da área, mas a bola subiu demais e foi longe do gol de César. Mal nas finalizações, o time alagoano tentava chegar, mas errava na hora de concluir. Aos 15 minutos, Alisson Farias recebeu o passe de Felipe Ferreira, mas ciscou demais e acabou perdendo a bola. Se o CRB errava, o Londrina não ficava atrás e também errava nas jogadas. 

Aos 19 minutos, em um bom momento, Higor Leite recebeu livre de marcação, ajeitou e soltou uma bomba, mas Vinícius espalmou, fazendo uma boa defesa e mandou para escanteio. Na cobrança, novo escanteio para os donos da casa. Higor Leite bateu, Germano desviou de cabeça, a bola tocou em Igor e saiu pela linha de fundo, novamente em escanteio, que foi cobrado por Léo Rigo. Ele cabeceou, a bola desviou no marcador e foi, de novo, pela linha de fundo. Era o quarto escanteio seguido para o Londrina. Aos 21 minutos, Higor Leite levantou, Wallace cabeceou, mas desta vez a bola foi por cima do gol de Vinícius, resultando em tiro de meta para o CRB.

Aos 23 minutos, na bola recuada, Vinícius tentou dar um chutão, errou feio e cedeu o lateral para o Londrina. A galera não perdoou o erro e ficou tirando onda com a trapalhada do goleiro regatiano.

O jogo chegava aos 25 minutos e o Galo apenas se defendia, tentava roubar as bolas, tentava diminuir os espaços do Londrina, que, por outro lado, não conseguia finalizar. O jogo era chato e, até este momento, merecia o placar de zero a zero. Aos 28 minutos, Alisson Farias tentou o passe para Léo Ceará, errou e perdeu a boa chance no contra-ataque. Aos 29 minutos, Safira foi parado com falta de Felipe Ferreira. Na cobrança de Breno, aos 30 minutos, Vinícius afastou e, no rebote, Paulinho Moccelin bateu e a bola desviou, indo por cima do gol, em escanteio para o Londrina.

Na cobrança do córner por Higor Leite, aos 31 minutos, o Londrina assustou quando Germano apareceu no meio da defesa do CRB, cabeceou forte e a bola passou raspando o poste esquerdo de Vinícius, que só olhou. Quase era o gol do Londrina. O Galo respondeu com perigo aos 33 minutos. Felipe Ferreira levantou na área, Lucas Siqueira apareceu sozinho, cabeceou, mas mandou por cima do gol. 

Aos 39 minutos, Raí Ramos desceu pela direita, sozinho, mas na hora do cruzamento mandou direto para fora, sem nenhum perigo para o CRB. De novo o Londrina tentou aos 41 minutos, com Raí Ramos, que arriscou da entrada da área do CRB, a bola passou à esquerda do gol de Vinícius e foi em tiro de meta para o goleiro regatiano. 

A primeira etapa se aproximava dos 45 minutos e o panorama seguia sem grandes emoções e com muitos erros por parte das duas equipes. Com o detalhe de que o Londrina poderia até ter saído na frente, pois errou menos e teve duas boas chances, só que não teve sucesso nas conclusões das jogadas. O árbitro determinou dois minutos de acréscimos e, pontualmente, aos 47 minutos, encerrou o 1º tempo com o placar que não saiu do 0 a 0.

Segunda etapa

 

Nas poucas oportunidades que teve, Londrina não conseguiu fazer o gol, pois esbarrou nas boas defesas do goleiro regatiano Vinícius

FOTO: ISAAC FONTANA/ESTADÃO CONTEÚD

O CRB voltou para a etapa final mais solto. E começou logo perdendo uma grande chance de abrir o placar, com Léo Ceará. Aos 2 minutos, ele recebeu um passe "com carinho e com afeto" de Alisson Farias, tocou na saída do goleiro César, mas a bola passou raspando a trave do Londrina, que respondeu aos 5 minutos. Higor Leite aproveitou a saída errada da defesa regatiana, mandou uma bomba da entrada da área e Vinícius espalmou para escanteio, de mão trocada. Quase o Tubarão abria o placar.

 

As duas equipes resolveram jogar nessa etapa, mas o CRB era mais organizado e voltou mais ofensivo. Aos 6 minutos, o time alagoano chegou de novo com Léo Ceará e, mais uma vez, ele desperdiçou a chance. O atacante ficou cara a cara com César, tentou a finta, perdeu espaço e, no chute para o gol, César fez uma grande defesa para salvar o Londrina. Aos 8 minutos, em outra boa oportunidade, desta vez com Alisson Farias, o Galo perdeu. Ele recebeu em velocidade, cortou para dentro e soltou a bomba, mas viu a bola desviar em Wallace e ir para escanteio. Mais uma chance perdida para o Regatas.

Aos 16 minutos o CRB perdeu um gol incrível! Igor fez o cruzamento, a bola atravessou a pequena área do Londrina, sobrou limpa para Daniel Borges, mas o lateral regatiano cabeceou direto para fora, com o gol escancarado. Era a chance de abrir o placar para o Galo!

O Londrina teve duas tentativas, aos 19 e aos 20 minutos. Na primeira, Júnior Pirambu arriscou de longe e carimbou Ewerton Páscoa na frente da área do CRB. e na segunda, Luidy (ex-CRB, que entrou nessa etapa) chutou forte, do meio da rua, e Vinícius deu um tapinha mandando para escanteio.

O Galo estava bem melhor, jogava mais solto e tentava em busca de seu gol. E ele veio aos 30 minutos. Igor acionou Alisson Farias na área do Londrina, o meia cruzou rasteiro e Felipe Ferreira chutou bonito no cantinho do gol de César: 1 a 0.

O Tubarão respondeu com perigo, mas sem gol, aos 32 minutos. Safira bateu forte e a bola passou muito perto do gol de Vinícius. Quase era o empate do Londrina no Estádio do Café. Em desvantagem no placar, o Londrina ficou em desvantagem também no time. Aos 36 minutos, por cometer falta dura em cima de Léo Ceará, o lateral Raí ramos, que já tinha recebido o cartão amarelo, recebeu o segundo e, na sequência, o vermelho, e foi para o chuveiro mais cedo.

Em sua primeira participação no jogo, William Barbio - que tinha acabado de entrar no lugar do autor do gol do Galo - cruzou rasteiro, a bola atravessou a área do Londrina e saiu. Aos 44 minutos, Barbio foi lançado em profundidade, ganhou na velocidade de Léo Rigo, ficou cara a cara com César, mas chutou bem em cima do goleiro do Londrina, perdendo a grande chance de o CRB marcar o seu segundo gol.

Com a vitória na mão, o CRB só passou a administrar o resultado, gastando o tempo. O árbitro assinalou quatro minutos de acréscimos e, aos 49 minutos, em cima do cronômetro, o jogo foi encerrado com a vitória do CRB, a sexta do Galo fora de casa nesta Série B do Brasileiro: 1 a 0. 

Londrina - César;  Raí Ramos, Wallace Acioli, Léo Rigo e Breno; Neris (Denner) (Arthur Caculé), Germano e Higor Leite; Júnior Pirambu, Safira e Paulinho Moccelin (Luidy). Técnico: Cláudio Tencati.

CRB - Vinícius; Daniel Borges, Ewerton Páscoa, Wellington Carvalho e Igor Cariús; Claudinei, Lucas Siqueira (Bryan), Lucas Abreu e Felipe Ferreira (Wiliam Barbio); Léo Ceará e Alisson Farias (Wesley Dias). Técnico: Marcelo Chamusca.

Árbitro: Vinícius Furlan (CBF-SP).

Auxiliares: Luiz Alberto Andrini Nogueira (CBF-SP) e Enderson Emanoel Turbiani da Silva (CBF-SP).

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
MaceióMaceió - AL Notícias de Maceió - AL
Maceió - AL
Atualizado às 07h42
25°
Poucas nuvens Máxima: 29° - Mínima: 20°
25°

Sensação

13 km/h

Vento

79%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas