CBN Maceió FM 104.5
Série B

CRB vence a Ponte Preta em Campinas e assume a 6ª posição na Série B: 1 a 0

Ferrugem foi o autor do único gol do Galo - e do jogo - no Estádio Moisés Lucarelli, pela 17ª rodada da Segundona, nesta quarta-feira (21)

Esportes

EsportesTudo sobre o esporte em um só lugar!

22/08/2019 05h43Atualizado há 4 semanas
Por: Por Redação
Fonte: G1
100
CRB conquistou três pontos importantes na Série B, na noite desta quarta-feira, em pleno Moisés Lucarelli
CRB conquistou três pontos importantes na Série B, na noite desta quarta-feira, em pleno Moisés Lucarelli

Não tem jeito mesmo. O CRB joga bem melhor e consegue os resultados em jogos fora de casa. Mais um exemplo deste fato ocorreu na partida contra a Ponte Preta, na noite desta quarta-feira (21), quando o Galo saiu de campo vencedor: segurou e bateu a Macaca pelo placar de 1 a 0, no Estadio Moisés Lucarelli, em Campinas-SP. 

Mesmo com essa importante vitória, o CRB não entrou no G4 porque os resultados de outros jogos desta 17ª rodada, tiraram todas as possibilidades de sua entrada no grupo dos quatro melhores da Série B do Brasileiro. Assim, com este resultado, o Regatas é o 6º colocado, com 26 pontos. E a Ponte Preta está na 7ª posição, também com 26 pontos, mas perde para o Galo pelo número de vitórias: são oito contra sete. 

 

Veja como foi o confronto em Tempo Real

O gol do CRB na partida desta noite foi assinalado aos 15 minutos da etapa inicial, por Ferrugem, que voltou ao time, após passar um longo período recuperando-se de uma lesão.

O próximo adversário do CRB será o Figueirense, no sábado (24), às 19 horas, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC. E a Ponte Preta vai receber o Sport, também no sábado (24), às 19 horas, no mesmo estádio do confronto desta noite, o Moisés Lucarelli.  

O 1º tempo

 

Macaca pressionou, pressionou o Galo, mas não conseguiu sequer o gol de empate dentro de seus domínios

FOTO: ÁLVARO JR./PONTE PRESS

O jogo começou com o CRB muito bem, até surpreendendo a Ponte. O Galo tentou o ataque logo no primeiro minuto de bola rolando, quando Ferrugem escapou em velocidade pelo lado direito, avançou com liberdade, cruzou na área, mas Airton fez o corte antes que a bola chegasse a Léo Ceará. 

 

O Galo seguia bem, tinha velocidade e teve a chance de abrir o placar aos 7 minutos, quando Léo Ceará entrou sozinho na área da Macaca, ficou cara a cara com Ivan e o goleiro fez uma defesa espetacular, evitando o que poderia ter sido o gol regatiano.

Aos 14 minutos, foi a Ponte quem assustou. Marquinhos cobrou o lateral para a área, a zaga regatiana afastou errado e Camilo chegou cabeceando, mas viu a bola tirar tinta da trave de Vinícius.

O CRB não se abalava e seguia com seu bom futebol em busca do gol da abertura do placar. E conseguiu. Ele veio aos 15 minutos. Felipe Ferreira achou Ferrugem dentro da área, o volante, sozinho, matou no peito e só fez chutar para balançar as redes da Ponte: 1 a 0.

Depois que abriu o placar, o CRB parece que relaxou. E a Ponte Preta foi toda para cima do Galo, que aceitou, então caindo de produção e facilitando a pressão do time de Campinas, que, aos 24 minutos, deu o susto no time alagoano: depois do bate-rebate, Marquinhos ficou com a sobra dentro da área e soltou o canudo, obrigando o goleiro Vinícius a espalmar para escanteio.

Aos 29 minutos, de novo Marquinhos. Ele fez a festa pelo lado esquerdo, cruzou na área e a defesa cortou. Gerson Magrão pegou a sobra, emendou a finalização, mas a bola explodiu em Wellington Carvalho. E haja pressão da Ponte! Aos 31 minutos, Marquinhos recebeu na esquerda, Diego Renan passou com liberdade, mas o atacante preferiu chutar e a finalização não saiu forte, ficando fácil para Vinícius, que defendeu tranquilo, sem dar rebote. 

O jogo era bem disputado, equilibrado, o CRB conseguiu aliviar um pouco mais a pressão da Ponte, mas seu sistema defensivo dava muitos espaços para o adversário.

Aos 34 minutos, de novo a Ponte. Marquinhos deu uma caneta em Daniel Borges e caiu pedindo falta, mas o árbitro Heber Roberto Lopes mandou o jogo seguir. Na sequência, Gerson Magrão levantou a bola, Vinícius nada pegou e a defesa regatiana foi quem cortou. Do lado da Ponte, Marquinhos estava impossível e fez uma bela jogada individual pelo lado esquerdo, levou para a linha de fundo e bateu cruzado. A bola desviou e quase pegou o goleiro Vinícius de surpresa, assustando.

O CRB saía muito bem da defesa da Ponte, trocava passes e mantinha a posse de bola, mas não acertava o pé. E aos 36 minutos, Léo Ceará recebeu com liberdade e tentou bater de muito longe, mas a finalização saiu sem direção. Aos 41 minutos, mais uma tentativa do CRB, que chegou com Felipe Ferreira e ele tocou para Alisson Farias, mas o atacante chutou e a bola foi embora pela linha de fundo, sem assustar o goleiro Ivan.

Sem acréscimos, o primeiro tempo foi até os 45 minutos regulamentares e terminou com a vitória parcial do CRB em Campinas: 1 a 0.  

O 2º tempo

 

Galo sofreu pressão da Ponte Preta, mas conseguiu segurar o ímpeto adversário e faturou a vitória  fora de casa

FOTO: ÁLVARO JR./PONTE PRESS

A etapa final começou com a Ponte marcando em cima. E o CRB tentava escapar em contra-ataque. No primeiro minuto, Léo Ceará avançou pela esquerda e encontrou Alisson Farias, que tentou chute colocado, mas carimbou na marcação. Aos 3 minutos, o Galo tentou mais uma vez. Felipe Ferreira foi acionado pela direita, cruzou na área e Airton afastou. Na sobra, Lucas Abreu chutou, mas acabou sendo travado por Gerson Magrão.

 

Aos 7 minutos, o CRB quase ampliou o placar. Felipe Ferreira descolou um ótimo passe para Ferrugem, que passou nas costas da marcação, invadiu a área e finalizou na rede pelo lado de fora, desperdiçando a oportunidade. A Ponte respondeu aos 11 minutos. Marquinhos lançou Roger em profundidade, pelo lado esquerdo, mas ele pegou mal na bola e mandou pela linha de fundo.

A Macaca pressionava o Galo em busca do gol de empate. Aos 15 minutos, Diego Renan recebeu com liberdade da entrada da área, arriscou uma bomba com a perna direita e obrigou Vinícius a espalmar. Aos 21 minutos, mais uma investida da Ponte. Matheus Vargas levantou a bola para dentro da área, a defesa não conseguiu cortar e a bola sobrou limpa para Rafael Longuine, que havia entrado nessa etapa. O meia chutou com perigo e Vinícius tirou com o pé, salvando o Galo.

O jogo era de um time só: a Ponte Preta. Até esse momento do segundo tempo, o Galo não havia levado perigo ao time adversário. Aos 24 minutos e aos 26 minutos, duas tentativas da Ponte: a primeira com Reginaldo, que jogou na área buscando Marquinhos, mas a bola saiu muito forte e foi embora pela linha de fundo; e a segunda com Gerson Magrão, que buscou o toque pelo alto para Diego Renan dentro da área, mas a bola foi forte, mais uma vez, passou por todo mundo e saiu.

O CRB seguia sofrendo a pressão da Ponte e ia se segurando enquanto podia. Aos 30 minutos, Arnaldo recebeu o passe de Rafael Longuine, na ponta direita, rolou para o meio, Matheus Vargas caiu pedindo pênalti, mas o árbitro não foi na dele e mandou o jogo seguir. Aos 36 minutos, quase a Macaca fez o gol de empate. Em jogada ensaiada, Everton rolou a bola para Longuine que soltou o pé. A redonda sobrou para Matheus Vargas, que finalizou e Claudinei se jogou contra a bola. Na sequência, Airton chutou por cima dentro da área, perdendo uma chance incrível.

 

CRB conquistou três pontos importantes na Série B, na noite desta quarta-feira, em pleno Moisés Lucarelli

FOTO: ÁLVARO JR./PONTE PRESS

Aos 40 minutos foi a vez do Galo: Alisson Farias fez um verdadeiro carnaval pelo lado esquerdo, cruzou na área, mas Léo Ceará errou na hora de dominar. Aos 41 minutos, em cobrança de escanteio para a Ponte, Gerson Magrão mandou para dentro da área, a defesa cortou parcialmente e, na sobra, Everton tentou o chute, mas acabou sendo travado. Aos 44 minutos, a Ponte ainda tentou o seu último suspiro: Diego Renan cruzou pelo lado direito, a bola passou por toda a área, mas não por Marquinhos, que emendou o chute por cima do gol.

 

E aos 48 minutos, o árbitro decretou o final da partida e a vitória do CRB sobre a Ponte Preta, por 1 a 0. 

Ponte Preta - Ivan; Arnaldo (Everton), Reginaldo, Airton e Diego Renan; Washington (Rafael Longuine), Camilo (Tiago Real), Gerson Magrão e Matheus Vargas; Marquinhos e Roger. Técnico: Jorginho.

CRB - Vinícius; Daniel Borges, Victor Ramos, Wellington Carvalho e Igor; Claudinei, Ferrugem (Lucas Siqueira) e Lucas Abreu; Felipe Ferreira (Willie), Alisson Farias (Júnior) e Léo Ceará. Técnico: Marcelo Chamusca.

Árbitro: Heber Roberto Lopes-SC. 

Auxiliares: Henrique Neu Ribeiro-SC e Johnny Barros de Oliveira-SC.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
MaceióMaceió - AL Notícias de Maceió - AL
Maceió - AL
Atualizado às 07h52
25°
Poucas nuvens Máxima: 29° - Mínima: 20°
25°

Sensação

13 km/h

Vento

79%

Umidade

Fonte: Climatempo
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas